Democratização do acesso

Home Fóruns Acessibilidade Democratização do acesso

Este tópico contém 6 respostas, 6 vozes e foi atualizado pela última vez por  Barbara Harduim 5 anos, 7 meses atrás.

7 posts - 1 de 7 (de 7 do total)
  • Autor
    Posts
  • 20/11/2012 em 11:52 #272
    Pnem
    Pnem
    Administrador Mestre

    Realizar ações que tenham por objetivo a democratização do acesso aos museus e o desenvolvimento de políticas de comunicação com os públicos;

    26/11/2012 em 15:57 #291

    Isabel Portella
    Subscriber

    Monica e demais colegas, acredito que a democratização é feita quando os museus oferecem visitas, exposições acessíveis, isto é, a cada nova exposição pensar num novo dispositivo , e assim aos poucos atender á todos.

    26/11/2012 em 19:19 #330

    Jorge Ramos
    Subscriber

    Conforme foi ligeiramente colocado no GT “Ação Educativa” do V Forum, acredito ser importante o PNEM adotar/fomentar o conceito amplo de Acessibilidade Universal para que este Programa possa abarcar diferentes dimensões deste termo. Assim, estariam contempladas uma gama de realidades/situações para além dos aspectos físicos/arquitetônicos inerentes à acessibilidade, como, por exemplo, aqueles públicos que comumente são/estão mais “distantes” do consumo, produção e fruição dos bens e produtos sócio-culturais e educativos.

    14/01/2013 em 13:08 #709
    isabel.portella
    isabel.portella
    Subscriber

    O conceito de acessibilidade universal é a base para construirmos os dispositivos de acessibilidades nos museus. Gosto sempre de ressaltar que não estamos falando em acessibilidade no singular e sim no plural, pois são várias demandas para tornarmos um espaço realmente acessivel. Neste GT procuramos atender às questões de ampliação de acesso ao público deficiente.

     

    18/02/2013 em 17:44 #919
    Cássio
    Cássio
    Subscriber

    Quando se fala em garantir o acesso de diferentes públicos aos museus há que se pensar, em alguns casos,  não somente  na garantia de uma “adequação” de conteúdo, mas também, em ações que efetivamente os tragam a esses lugares, uma política museal. Muitas pessoas não frequentam esses espaços por não se enxergarem aptos a tal e por não poderem ir a eles.

    20/02/2013 em 16:10 #951
    isabel.portella
    isabel.portella
    Subscriber

    Cassio, o objetivo primordial hoje é tentar abarcar o maior numero de visitantes, mais nem sempre isso é possível. Com o intuito de ampliar o seu campo de ação, o museus desenvolve atividades que atingiam esses objetivos.

    07/04/2013 em 22:48 #1253

    Barbara Harduim
    Subscriber

    Hoje, muitas instituições culturais brasileiras não estão preparadas para atender à diversidade humana. Ainda trabalhamos com o conceito hegemônico de público ou temos experiências muito pontuais com determinados grupos. Acredito que ” o caminho se faz ao caminhar” com compromisso e continuidade podemos  melhorar o acesso aos bens culturais. A democratização do acesso  é um direito de todos! Não se trata da benevolência dos espaços culturais. É preciso que as três esferas de governo se comprometam em diminuir as desigualdades sociais, culturais, educacionais e econômicas.

    Proponho um programa integrado entre os governos federal, estadual e municipal para garantir que todos os brasileiros possam usufruir de seus bens culturais.

7 posts - 1 de 7 (de 7 do total)

O fórum ‘Acessibilidade’ está fechado para novos tópicos e respostas.