Planejamento Participativo

Home Fóruns Perspectivas Conceituais Planejamento Participativo

Este tópico contém 17 respostas, 9 vozes e foi atualizado pela última vez por REM RJ REM RJ 5 anos, 3 meses atrás.

3 posts - 16 de 18 (de 18 do total)
  • Autor
    Posts
  • 19/02/2013 em 17:51 #936
    Ozias Soares
    Ozias Soares
    Subscriber

     A proposta sintetizada pela Jocenaide vai numa direção interessante: criar uma metodologia para dialogar com o público interno e externo sobre as diferentes demandas. Penso que devemos privilegiar no PNEM essa estratégia, de modo que os diferentes setores e os educadores de museus se conversem, planejem suas ações, fundamentações e projetos.

    Por outro lado, entendo que há uma escassez de recursos (como também um não-direcionamento intencional de recursos para museus e, no nosso caso, para a área educativa!); entretanto, entendo que o planejamento participativo, a conjunção de esforços para pensar a instituição como um ente coletivo e “para” o coletivo deve vir um pouco antes da destinação de recursos! Aliás, é bem possível que haja museus e centros culturais tão “cheios de dinheiro” quanto de verticalizações e tomadas de decisões unilaterais (ou “oligárquicas”!, para melhor definir…). Desse modo, pode ser que se não houver um planejamento participativo, o que vai continuar ocorrendo é a centralização e canalização dos recursos para determinadas áreas estabelecidas nas “prioridades” de alguns.

    Mas acho, professora Jocenaide, que podemos ampliar essa discussão nos eixos “Gestão” (Financiamento das ações educativas), “Profissionais de Educação Museal” (financiamento para o educativo do museu) e no fórum sobre Sustentabilidade, coordenado pela colega Girlene Bulhões. (Mas, antes preciso concordar com o “leite de pedra”… pior vai ser quando o leite acabar, né?!)

    05/03/2013 em 19:38 #1055
    rosangelacuritiba
    rosangelacuritiba
    Subscriber

    Caros Colegas, estou acompanhando esta discussão e achei muito interessante os pontos aqui levantados. Trabalhei alguns anos na área de planejamento e capacitação e sei o quanto as políticas e os palvrórios às vezes podem ser inócuos e vazios. Planejamento participativo é uma palavra bonita mas tenho dúvidas se funciona na prática. Concordo com o  Ozias que o público interno do museu precisa ter voz e voto, assim como os visitantes. A adoção de questionários, quanto aos últimos, parece ser uma boa alternativa, também prá sugestões, desde que haja espaço no questionários prá dá-las. Quanto a falta de liberdade, que alguém citou, acredito que pode ser resolvida se o questionário for anônimo e tiver espaço em branco na parte detrás do questionário prá pessoa desenvolver suas ideias. O que me preocupa um pouquinho é a falta de vontade das pessoas em participar. Será que a falta de tempo e a correria podem justificar a apatia geral? Ou seria a falta de democracia, ou democracia zero, tão corrente nos espaços culturais?

     

     

    02/04/2013 em 23:02 #1170
    REM RJ
    REM RJ
    Subscriber

    Adotar o Planejamento Participativo como perspectiva de ações e elaboração conceitual (referência: Danilo Gandin);
    Reconhecer o público interno (público invisível) como alvo de ações educativas sob a perspectiva de um Planejamento Participativo;
    Definir o conceito de público (deve-se considerar o público interno e externo, aqueles que vão visitar o museu para conhecer seu acervo, aqueles que vão ao museu para utilizar seu espaço, as opções de lazer e entretenimento como teatros, cinemas, bibliotecas, jardins, etc.?)
    Fortalecer a concepção de museu como espaço de uma educação sob a perspectiva da construção coletiva de conhecimento.

    Propostas elaboradas em reuniões presenciais que contaram com a participação das seguintes instituições:

    Centro Cultural Banco do Brasil – Centro Cultural da Justiça Federal – Centro Cultural de Folclores e Cultura Popular – Instituto Moreira Sales – Memorial Getúlio Vargas – Fundação Casa de Rui Barbosa – Museu Casa da Hera – Museu Casa do Pontal – Museu da Chácara do Céu – Museu da Marinha – Museu da República – Museu da Vida – Museu de Arqueologia de Itaipu – Museu do Ingá – Museu do Meio Ambiente – Museu Histórico Nacional – Museu Nacional – Oi Futuro/Museu das Telecomunicações – Núcleo Experimental do MAM – Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro

     

3 posts - 16 de 18 (de 18 do total)

O fórum ‘Perspectivas Conceituais’ está fechado para novos tópicos e respostas.