Sustentabilidade no PNEM – sugestões da REM-GO

Home Fóruns Sustentabilidade Sustentabilidade no PNEM – sugestões da REM-GO

Este tópico contém 12 respostas, 4 vozes e foi atualizado pela última vez por girlene.bulhoes girlene.bulhoes 5 anos atrás.

13 posts - 1 de 13 (de 13 do total)
  • Autor
    Posts
  • 07/02/2013 em 10:52 #845
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Bom dia, colegas

    Dia 02, sábado, às 10h, ocorreu no Museu Antropológico da UFG, a discussão do PNEM pela REM-Goiás, a partir dos seus eixos temáticos.

    Seguem abaixo os pontos aprovados relativos à Sustentabilidade, para que continuemos a discussão:

    1- as Redes devem atentar para seu papel na educação para a preservação do patrimônio integrado, evitando olhar apenas para os acervos institucionais, mas contribuindo para relacionar estas coleções com o patrimônio ambiental que está fora.

    2- Garantir a presença de pessoas do setor educativo em processos de elaboração, montagem e desmontagem de exposição, para pensar não apenas aspectos didáticos das exposições, como o reaproveitamento dos materiais com finalidades educativas.

    3- Incentivar intercâmbio, permutas, doações  (e outras modalidades de parcerias) de materiais educativos que possam ser reaproveitados por outros museus.

    4- Realçar a necessidade de dotação orçamentária própria para a ação educativa dentro da previsão anual de cada museu.

    É isso! Aguardamos as opiniões de tod@s.

    Abraços,

    Girlene

     

     

     

    15/02/2013 em 3:47 #876

    lucia santana
    Subscriber

    gostei bastante do tópico sobre sustentabilidade e penso que temos mesmo que incentivar essa discussão nos museus. Espaços verdes, museólogos verdes, exposições se apropriando dos R (reciclagem reuso, reutilização  práticas e estudos na linha de materiais, estudos de gerenciamento de resíduos sólidos, efluentes e gasosos…… e principalmente internalizar a politica ambiental na nossa parática

    15/02/2013 em 12:04 #877
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Bom dia, Lucia

    Que bom que você gostou deste tópico! A sustentabilidade é condição sine qua non para que continuemos vivos e os museus não podem fechar os olhos para esta questão.

    Obrigada pelas sugestões.

    Abraço,

    Girlene

    20/02/2013 em 14:06 #949
    Diego Luiz Vivian
    Diego Luiz Vivian
    Subscriber

    Adorei as propostas da REM-GO, pois chamam a atenção para o fato de que a Sustentabilidade é uma “questão” que diz respeito a todos trabalhadores em museus, desde a Direção, Chefias até os demais membros da equipe (técnicos, estagiários, apoio, etc).

    Esta “articulação interna” entorno da Sustentabilidade parece ser dos primeiros passos para que o museu consiga assumir suas responsabilidades com o ambiente e com a vida. E esta articulação caminha ao lado do entedimento de que o trabalho em museus não está restrito ao seus acervos institucionais.

    Por isto concordo plenamente que é preciso ampliar nossa visão sobre tudo isto e “abrir os olhos”, como disse Girlene.

    20/02/2013 em 21:28 #959
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Olá, Diego.

    A profª Manuelina Duarte, do curso de Museologia da UFG, foi quem trouxe o termo “patrimônio integrado” para esta discussão. Considero que este termo sintetiza essa necessidade de “abrirmos os nossos olhos” para o mundo “lá fora”, a bem da nossa existência no futuro (ou garantia de sustentabilidade, quem sabe?).

    Abraço,

    Girlene

    20/02/2013 em 22:09 #961
    Diego Luiz Vivian
    Diego Luiz Vivian
    Subscriber

    Oi, Girlene

    já havia visto a expressão “patrimônio integral”, e se não estou enganado foi no último livro do Varine, lançado em 2012 na sua versão em português sob o título “Raízes do Futuro: o patrimônio a serviço do desenvolvimento local”.

    De todo modo, o sentido parece ser o mesmo que “patrimônio integrado”, neste caso da Sustentabilidade.

    abs e até mais

    21/02/2013 em 14:05 #963
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Sim, Diego. O Varine usa este termo, que foi difundido no meio museal pela Carta de Santiago do Chile (1972), e a par com ele muitos outros, especialmente os “especialistas” em meio ambiente e educação ambiental.

    Caso lhe interesse, dá uma olhadinha nestes artigos: http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/DMP–204.pdf  e http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1981-81222012000100003&script=sci_arttext

    Abraço,

    Girlene

     

    22/02/2013 em 12:45 #972
    Diego Luiz Vivian
    Diego Luiz Vivian
    Subscriber

    Girlene, obrigado pelas dicas de leitura, assim como pela “contextualização” mais ampla sobre o surgimento desta noção (patrimônio integral) tão importante para os museus.

    abs e até mais

    22/02/2013 em 13:39 #976
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Não há de quê, Diego. Estamos construindo juntos esta caminhada.

    Abraços.

    03/04/2013 em 18:59 #1199
    Ozias Soares
    Ozias Soares
    Subscriber

    Diego e Girlene,

    Dentro dessa discussão da sustentabilidade em nossos museus, deve-se, penso, buscar colocá-la sempre dentro de uma perspectiva de totalidade; ou seja, se ela estiver descolada de uma perspectiva mais ampla de transformações nesta sociabilidade em que vivemos – calcada sempre na busca por crescimento econômico a qualquer preço – será, portanto, inócua e funcional ao sistema. Se, por outro lado, estivermos pensando numa dimensão mais ampla, vamos situá-la no campo do patrimônio integral, de responsabiliade ética e de uma visão e projeto de futuro. Não acham?

     

    05/04/2013 em 12:46 #1215
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Sim, Ozias, acho o mesmo que vc. Inclusive costumo usar o termo sustentabilidade apenas quando estão intrínsecas estas condições que vc coloca, relativas à “perspectiva de totalidade”. No meu entender, o que foge disso é apropriação indébita do termo, cabendo melhor o uso do tal “desenvolvimento sustentável”.

    Dá uma olhadinha no último (ou penúltimo) post deste Eixo, pois nele tem uma simples e direta definição de “Sustentabilidade”, que considero tradutora destas suas observações,

    Obrigada pelas contribuições e Abraço,

    Gil

    05/04/2013 em 14:43 #1220
    Diego Luiz Vivian
    Diego Luiz Vivian
    Subscriber

    Oi, Ozias e Girlene

    creio que estamos de acordo com esta perpectiva de “totalidade” que deve nortear pensamentos e ações em torno da Sustentabilidade. Parece-me que o próprio termo sustentabilidade implica necessariamente este tipo de visão abrangente sobre a realidade social e a vida. De todo modo, na dúvida, vale explicitar este entendimento de modo a garantir a clareza dos termos que mobilizamos em nossos discursos e práticas.

    Até pra evitar que ocorram “apropriações indébitas” (adorei esta…heheh) deste termo que vem ganhando força nos últimos tempos na retórica de diversos grupos.

    abraço e até mais

     

    07/04/2013 em 19:03 #1250
    girlene.bulhoes
    girlene.bulhoes
    Subscriber

    Tens inteira razão, Diego.

    Abraço,

    Girlene

13 posts - 1 de 13 (de 13 do total)

O fórum ‘Sustentabilidade’ está fechado para novos tópicos e respostas.