DO PALÁCIO AO MUSEU: A TRAJETÓRIA PEDAGÓGICA DO MUSEU DA REPÚBLICA

Na próxima segunda-feira, dia 16/11/2015, às 14h00, será realizado o lançamento do livro “Do Palácio ao Museu” no Museu da República, Rio de Janeiro, em comemoração aos 55 anos do museu. A publicação terá versão impressa e E-book.

O livro é fruto da pesquisa de Pós-doutorado em Educação na PUC-RJ de Kátia Frecheiras, pesquisadora do Museu da República/IBRAM e coordenadora do GT de Formação, Capacitação e Qualificação aqui do PNEM! Frecheiras também é coordenadora e docente do Curso de Pós-graduação em Educação Museal (Ibram/FAETEC), além de ser integrante do Comitê Gestor da REM-RJ.

Para mais informações, acesse aqui a programação especial de aniversário do Museu da República!

Museu da República desenvolve projeto com alunos do EJA

O Museu da República, no Rio de Janeiro, está desenvolvendo projeto que conta com a ideia de mediação dos alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos) para serem mediadores dos próprios colegas nas visitas ao Museu.

Trata-se de uma proposta inédita no campo da educação museal e já está sendo desenvolvida junto à equipe de educadores do Museu. A ação educativa foi incluída no Projeto maior do Museu denominado “PEJA, uma lacuna no museu”.

EDITAL CONEXÃO CULTURA BRASIL #NEGÓCIOS

EDITAL CONEXÃO CULTURA BRASIL #NEGÓCIOS – REPRESENTE O BRASIL NA FEIRA INTERNACIONAL MUSEUM CONNECTIONS!

Estão abertas as inscrições para o edital Conexão Cultura Brasil #negócios, que selecionará 20 empreendedores, 10 ligados a museus brasileiros e 10 representantes de empreendimentos da cadeia produtiva dos museus para participarem do Museum Connections, nos dias 20 e 21 de janeiro de 2016, em Paris, na França. O edital visa o fortalecimento da economia da cultura, por meio da expansão de mercado dos empreendedores brasileiros e sua consolidação internacional. Os interessados poderão se candidatar até 23 de setembro por meio da plataforma Salic Web, do Ministério da Cultura.

Ibram lança edital Darcy Ribeiro 2015!

Em sua 6ª Edição, o edital Darcy Ribeiro irá premiar nove práticas e ações de educação museal, que por meio das diversas relações de mediação com os públicos, convidem à apropriação, em sentido amplo, do patrimônio cultural, valorizando-o e promovendo sua preservação.

Cada iniciativa premiada receberá R$ 10.000,00 (dez mil reais), que deverão ser empregados exclusivamente nas ações e projetos educacionais dos museus, seja no próprio projeto concorrido ou em outras práticas e ações de educação museal.

Poderão concorrer ao prêmio instituições museais públicas das esferas estaduais e municipais; órgãos ou entidades públicas nas esferas estaduais e municipais que possuam em sua estrutura unidades museais; e instituições museais de direito privado sem fins lucrativos. Cada entidade concorrente poderá participar com apenas 01 (uma) ação educativa, realizada em 2012, 2013 ou 2014.

As inscrições estarão abertas até o dia 23 de outubro de 2015 e serão realizadas gratuitamente por meio do Sistema SalicWeb, disponíveis no site do Ibram em www.museus.gov.br.

Leia o Edital na íntegra aqui.

SEMINÁRIO EDUCAÇÃO EM MUSEUS: INTERPRETAÇÃO E IMAGINAÇÃO

O Seminário Educação em Museus: Interpretação e Imaginação será realizado na segunda-feira, dia 10 de agosto, às 14h30h no Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, localizado na Casa das Rosas. Serão oferecidas 70 vagas por ordem de inscrição. Inscrições presenciais ou pelo e-mail: educativo@casadasrosas.org.br.

Casa das Rosas

Com Ana Mae Barbosa, Lilian Amaral, Rejane Coutinho, Valquíria Prates, José Minerini Neto e Ricard Huerta, o evento será realizado com a seguinte programação:

  • 14h – Abertura: Palestra de Ricard Huerta (Universidade de Valência, Espanha) com apresentação de Rejane Coutinho (Unesp).
  • 16h – Mesa com os mediadores e pesquisadores: Valquíria Prates, José Minerini Neto e Lilian Amaral e coordenação: Ana Mae Barbosa.
  • 18h – Debate com os participantes do seminário sob coordenação de Anelise Csapo (supervisora do Núcleo Educativo da Casa das Rosas) e mediação de Rafael Gatuzzo.

 Para mais informações, acesse o link do evento no Facebook aqui!

Curso de Educação Patrimonial

O Curso de Educação Patrimonial 2015, que será ofertado de forma gratuita e a distância, é parte integrante do Projeto Educação Patrimonial 2015, patrocinado pelo Programa Municipal de Incentivo a Cultura – PROMIC da Cidade de Londrina-PR, e é uma realização do Instituto de Desenvolvimento Social, Pesquisa e Ensino – INDESPE, com apoio do Centro Universitário Filadélfia – UniFil.

A proposta é fazer uso de ferramentas disponíveis de forma aberta na Internet e, desta forma, o aluno terá acesso tanto a uma reflexão teórico-prático no âmbito do Patrimônio Cultural, quanto a prática no uso de ferramentas que podem potencializar o processo de ensino e aprendizagem.

Neste curso pretende-se apresentar diversas perspectivas referentes a conceitos que envolvam patrimônio, memória, tombamento, educação, sociedade, entre outros. Acredita-se que a troca de conhecimento amplia a compreensão de um assunto.

A previsão é que as aulas tenham início em 03/08, e encerrem-se em 30/09. Os que desenvolverem as atividades propostas durante este período, receberão certificado de participação com carga horária de 30 horas. O curso, no entanto, ficará aberto por tempo indeterminado, para todos que desejarem ter acesso ao conteúdo.

As orientações para inscrição podem ser obtidas pelo site http://cursodeeducacaopatrimonial.blogspot.com.br/.

MUSEU DE ARTE DE JOINVILLE LANÇA CATÁLOGO DIGITAL “CONEXÕES EDUCATIVAS”

No último mês de maio, o Museu de Arte de Joinville (MAJ) lançou o Catálogo Digital “Conexões Educativas”, produzido com recursos advindos do Prêmio Darcy Ribeiro, concedido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

O catálogo digital, desenvolvido a partir dos projetos educativos realizados pelo MAJ nos últimos anos, contribuirá para propagar publicamente as ações e projetos educativos do museu e os conhecimentos produzidos. Alcione Resin Ristau, especialista cultural e educadora do MAJ, ressalta que este material, textos, imagens e vídeos, foi todo elaborado pela equipe do museu.

Na ocasião, foram distribuídos 100 exemplares do Catálogo Digital à rede de ensino municipal de Joinville. Em breve, o “Conexões Educativas” também estará disponível para consulta online.

Colóquios Museológicos recebe o Ministro Juca Ferreira nesta terça (19)

Nesta terça-feira (19), o Ibram realiza a primeira edição dos Colóquios Museológicos, com o Ministro da Cultura, Juca Ferreira, que abordará o tema “Museus para todos”.  O evento acontece a partir das 15h30, na sede do Ibram, em Brasília, e terá transmissão ao vivo pela internet, através do endereço www.museus.gov.br.

Os Colóquios têm como proposta, dinamizar os espaços de eventos do Instituto, de forma que o Ibram passe a ser reconhecido também como um centro de estudos museológicos contemporâneos. A programação será permanente e contará sempre com a participação de convidados que irão abordar temas contemporâneos situados no campo de interesse dos museus.

 

Programa Ibermuseus lançará a VI edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus

O edital será publicado em 18/5, Dia Internacional dos Museus. Nesta edição, serão premiados oito projetos que potencializem a capacidade educativa das instituições museológicas da região

Com o objetivo de reafirmar e ampliar a capacidade educacional dos museus e do patrimônio cultural como estratégias de transformação da realidade social, o Programa Ibermuseus lançará, no dia 18 de maio, a VI edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus. Com a iniciativa, serão reconhecidos oito projetos educativos provenientes das instituições museológicas ibero-americanas[1].

O lançamento do Prêmio acontecerá no Dia Internacional dos Museus (data comemorativa estabelecida pelo Conselho Internacional de Museus – Icom).  Com esta simultaneidade, o Programa Ibermuseus celebra a importância dos museus no desenvolvimento sociocultural, e no fortalecimento dos direitos humanos e de uma cultura de paz, com o estímulo à aceitação da diversidade cultural e das distintas identidades que compõem a realidade ibero-americana.

As inscrições da VI edição estarão abertas de 18/5 a 18/6, podendo ser realizadas por meio da seção Convocatórias, do Portal Ibermuseus, onde os interessados também encontrarão o edital e demais informações sobre o Prêmio.

Categorias - O Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus premiará iniciativas que promovam o desenvolvimento pessoal e a coesão social, por meio de duas categorias: Categoria I – Projetos realizados ou em andamento; e Categoria II – Fomento a projetos em fase de elaboração e/ou planejamento. Para a primeira delas, serão outorgados três prêmios, e para a segunda, cinco, totalizando US$ 75 mil em prêmios. Além disso, serão concedidas menções honrosas aos primeiros 20 classificados.

Para concorrer, as instituições devem ter caráter cultural, educativo ou afim, além de estarem ligadas à administração pública (municipal, regional ou nacional) ou serem empresas privadas sem fins lucrativos.

Nas últimas cinco edições, o Programa Ibermuseus premiou 37 projetos educativos na Ibero-América, com um total de US$ 215 mil.

Ibermuseus – O Programa compreende os museus como instituições dinâmicas, vivas e de encontro intercultural; como espaços que trabalham com o poder da memória; como instâncias relevantes para o desenvolvimento das funções educativa e formativa; como ferramentas adequadas para estimular o respeito à diversidade cultural e natural e para valorizar os laços de coesão social das comunidades e a sua relação com o meio ambiente.

Sua atuação se destina a consolidar a Rede Ibero-Americana de Museus, formada pelos 22 países da comunidade ibero-americana, tendo como objetivos principais: fortalecer as políticas públicas dos países ibero-americanos; estabelecer mecanismos de intercâmbio, informação e difusão entre os museus; promover a formação e a capacitação de profissionais da área; criar mecanismos para ampliar a capacidade educativa dos museus; fomentar a circulação de acervos e exposições; promover a proteção e a gestão do patrimônio museológico; o fomento à pesquisa; e o estímulo do direito à memória das etnias e gêneros, de grupos e movimentos sociais, valorizando os diferentes tipos de museus.

Atualmente, o Programa Ibermuseus é presidido pelo Brasil, onde funciona sua Unidade Técnica, encarregada da execução das linhas de ação determinadas pelo Comitê Intergovernamental.

O Ibermuseus está vinculado à Secretaria Geral Ibero-americana (Segib) e conta com o apoio técnico da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), além do suporte da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid).

[1] Países que compõem a Comunidade Ibero-Americana: Andorra, Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, Espanha, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Fonte: http://www.ibermuseus.org/