Documento final da PNEM será aprovado no Fórum Nacional de Museus

O Documento Final da Política Nacional de Educação Museal será submetido à aprovação no 2º Encontro Nacional do Programa Nacional de Educação Museal – PNEM, que ocorrerá nos dias 2 e 3 de junho de 2017, no âmbito do Fórum Nacional de Museus. Esse documento foi elaborado a partir das propostas coletadas nos 23 Encontros Regionais do PNEM, que aconteceram em 2014 (veja aqui o Formulário completo com todas as propostas). Em virtude do grande número de contribuições, com centenas de propostas de 13 unidades da federação, foi preciso realizar uma força tarefa para sua sistematização, elaborada pela Equipe do PNEM em parceria com a consultora Luciana Martins.

Uma primeira sistematização das propostas oriundas de consulta pública já havia sido feita para elaboração do Documento Preliminar do PNEM. Na ocasião, os 9 grupos de trabalho do Blog do PNEM foram transformados em 10, incluindo o tema da Comunicação. Esse material serviu de base para o debate dos Encontros Regionais presenciais, nos quais foram sugeridas alterações nas diretrizes e coletadas novas propostas de estratégias e ações.

No 1º Encontro Nacional do PNEM, realizado no 7º Fórum Nacional de Museus (Belém-PA, 2014) foram definidos os Princípios da Educação Museal, a partir do conteúdo proposto no Grupo de Trabalho de Perspectivas Conceituais. Esse ano, em Porto Alegre, o documento final da Política contará com esses princípios norteadores e suas diretrizes. Posteriormente ao Fórum, a ideia é lançar o Caderno da Política Nacional de Educação Museal, contendo o histórico desse processo, textos norteadores e conceituais da Educação Museal e toda a memória de propostas coletadas, incluindo todas estratégias e ações, para consulta e também para ser usada como ferramenta de gestão e reivindicação da área.

Após um amplo estudo, viu-se a necessidade de ter um documento final da PNEM sintético e preciso que servisse de subsídio para profissionais atuantes na área da educação museal. Um documento muito extenso poderia abarcar uma demanda mais completa e complexa da área, mas, ao mesmo tempo, perderia o foco no que seriam as principais reivindicações do campo. Considerou-se também que as estratégias e ações propostas serão contextualizadas de acordo com a realidade de cada região, instituição e processo nos quais terão as diretrizes da Política como orientadoras.

Apresentamos, assim, uma Proposta de Documento Final a ser debatida e aprovada no 2º Encontro Nacional do PNEM. Esta proposta contou com aglutinações, supressões e complementações às diretrizes originais àquelas sugeridas durante os Encontro Regionais. As diretrizes foram reorganizadas em 3 eixos temáticos:

  1. Gestão;
  2. Profissionais, formação e pesquisa;
  3. Museus e sociedade.

Durante o Encontro teremos um momento para que cada um desses grupos se debrucem sobre as diretrizes apresentadas e, ao final, todos possam validar a síntese desse grande processo de participação que contou com centenas de envolvidos.

Documentos para consulta:

2º Encontro Nacional do PNEM acontecerá em junho no Fórum Nacional de Museus

Nos últimos cinco anos, educadores e outros profissionais de museus estiveram envolvidos na construção coletiva de diretrizes para a o fortalecimento das práticas educacionais em museus e processos museais – que viria a constituir o Programa Nacional de Educação Museal (PNEM).

Começamos com uma consulta pública virtual por meio de fóruns de discussão realizados no Blog do PNEM. Foram quatro meses de debate onde foram apresentadas várias propostas pelos mais de 700 participantes cadastrados.

A partir de então, tivemos muito trabalho, muitos encontros, vimos algumas Redes de Educadores em Museus sendo formadas e a educação museal sendo discutida nos quatro cantos do país!

Depois de 23 Encontros Regionais realizados, nos reunimos todos em novembro de 2014, na cidade de Belém (PA) para o 1º Encontro Nacional do Programa Nacional de Educação Museal, no âmbito do 6º Fórum Nacional de Museus. Nele foi aprovada a Carta de Belém, que definiu os princípios norteadores para uma política pública voltada à Educação Museal.

Agora é a hora de voltarmos a nos reunir, incluindo todos que se empenharam nessa jornada e novos entusiastas a fortalecer a educação museal do Brasil. A discussão será retomada no 7º Fórum Nacional de Museus (FNM), quando será realizado o 2º Encontro Nacional do PNEM.

O encontro vai acontecer nos dias 2 e 3 de junho no âmbito dos Grupos de Trabalho do 7º FNM, conforme programação, e irá definir o documento final com as diretrizes orientadoras da educação museal.

1º Encontro Nacional do PNEM

Sobre o Fórum Nacional de Museus

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) vinculado ao Ministério da Cultura e responsável pelas políticas públicas para o setor no Brasil, realiza periodicamente o Fórum Nacional de Museus (FNM), que tem por objetivo refletir, avaliar e delinear diretrizes para a Política Nacional de Museus.

O 7º Fórum Nacional de Museus vai acontecer entre os dias 30 de maio e 4 de junho em Porto Alegre (RS) e traz como tema a “A Recomendação da Unesco sobre a Proteção e Promoção de Museus e Coleções” (conheça o documento da recomendação).

A recomendação, aprovada em 2015, passa a ser um pilar para as políticas públicas de museus para as próximas décadas, estabelecendo diretrizes para o fortalecimento das práticas existentes em museus, para a preservação, comunicação e promoção das coleções, e para o aprimoramento das funções sociais dos museus, em acolhimento aos urgentes desafios contemporâneos.

O 7º FNM representa ocasião para reunir os diversos atores do setor museal em espaço de intercâmbio de experiências entre comunidade museológica, sociedade civil, museus e órgãos de gestão museológica, promovendo diálogos por meio dos diferentes ambientes de debates que compõem a programação oficial do evento, a saber: conferências, painéis, minicursos, grupos de trabalho e mostras de trabalhos acadêmicos.