Museus e Pontos de Memória podem participar do Programa Mais Cultura nas Escolas

A partir das discussões realizadas no Blog do PNEM, verificamos que muitos museus e iniciativas museais já realizam atividades educacionais em parcerias com escolas e por vezes passam por dificuldades de deslocamento, financiamento ou fomento. Por isso, é bom saber e divulgar o lançamento do Programa Mais Cultura nas Escolas. O programa é uma parceria entre o Ministério da Cultura (MinC) e o Ministério da Educação (MEC) e tem por finalidade fomentar ações que promovam o encontro entre as escolas públicas e experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais.

Conheça melhor o Programa assistindo ao vídeo de promoção com diversos artistas e profissionais da educação e cultura.

Para participar, a escola e o parceiro cultural elaborarão o Plano de Atividade Cultural da Escola de responsabilidade mútua que deve ser mantida ao longo do desenvolvimento do projeto. Em conformidade com o PNEM, um dos 9 Eixos temáticos disponíveis para inscrição é o de Educação Museal. Poderão participar cerca de 34 mil escolas ativas nos Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador do MEC até 2012. (Veja as listas aqui).

As atividades serão desenvolvidas dentro ou fora da escola e devem prever duração entre 6 (seis) e 10 (dez) meses durante o período letivo. Serão investidos R$ 100 milhões para financiar 5 mil projetos. Cada contemplado receberá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil, que devem ser gastos com:

  1. aquisição de materiais de consumo (custeio);
  2. contratação de serviços de formação, produção e disseminação de conteúdos culturais e artísticos necessários às atividades artísticas e pedagógicas (custeio);
  3. contratação de serviços diversos (custeio);
  4. locação de instrumentos, transporte, equipamentos (custeio);
  5. aquisição de materiais permanentes e equipamentos (capital);

Ajude a divulgar! As inscrições estão abertas até 30 de junho e devem ser realizadas por meio do SIMEC (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação).

Acesse o manual completo do Programa aqui.

POETAS POPULARES
Antônio Vieira

A nossa poesia é uma só
Eu não vejo razão pra separar
Todo o conhecimento que está cá
Foi trazido dentro de um só mocó

E ao chegar aqui abriram o nó
E foi como se ela saísse do ovo
A poesia recebeu sangue novo
Elementos deveras salutares

Os nomes dos poetas populares
Deveriam estar na boca do povo
No contexto de uma sala de aula
Não estarem esses nomes me dá pena

A escola devia ensinar
Pro aluno não me achar um bobo
Sem saber que os nomes que eu louvo
São vastes de muitas qualidades.
O aluno devia bater palma

Saber de cada um o nome todo
Se sentir satisfeito e orgulhoso
E falar deles para os de menor idade
Os nomes dos poetas populares

Mais informações em: http://www.cultura.gov.br/maisculturanasescolas