Pontos de Memória e PNEM se unem em evento no Ceará

O Encontro Regional do PNEM no Ceará aconteceu nos dias 09 e 10 de outubro em Fortaleza, no Museu da Imagem e do Som – MIS. O encontro ocorreu em parceria com a Rede de Educadores de Museus do Ceará, os Pontos de Memória e a Rede Cearense de Museus Comunitários. Com uma média de 30 participantes por dia, o evento contou com contribuições para o documento preliminar do PNEM e com o debate sobre a Gestão Compartilhada e Participativa do Programa Pontos de Memória. Os participantes se envolveram no debate e analisaram os documentos com muito comprometimento, gerando boas contribuições. Ambos trabalhos são etapas preparativas para a culminância dos programas no 6º Fórum Nacional de Museus que ocorrerá em novembro na cidade de Belém/PA. A parceria entre os dois programas foi importante para que a educação e museologia social, assuntos tão correlatos, pudessem caminhar juntos nas políticas públicas na área museológica.

Encontros sobre o PNEM no RS

Mesa Redonda sobre o PNEM  na UFRGS

A Semana Acadêmica Integrada das Ciências da Informação, promovida pelo Centro Acadêmico de Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia – CABAM-UFRGS contou com a mesa redonda Programa Nacional de Educação Museal (PNEM) – Um debate necessário. Ocorrida em Porto Alegre-RS em 24/05, o evento foi bastante animado, envolvendo cerca de 20 a 25 pessoas – dentre estudantes e professores da museologia da UFRGS, além de outros interessados no tema. Além da participação de Diego Vivian – Coordenador do GT Museus e Comunidade do PNEM, que tratou do processo de construção do PNEM; estiveram presentes  a coordenadora geral da REM-RS e articuladora do PNEM que abordou a importância da organização em rede por parte dos educadores; uma museóloga que abordou os 10 anos da PNM e um arquiteto e uma técnica de museu municipal que abordaram a acessibilidade em museus.

reunião PNEM na Lomba do Pinheiro

Reunião PNEM na Lomba do Pinheiro

Outro evento relevante ocorreu no dia 25 de maio no Ponto de Memória Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. A reunião de articulação sobre o PNEM, contou com o Coordenador do GT Museus e Comunidades do PNEM, o Conselho Gestor do Ponto de Memória da Lomba do Pinheiro, a Rede de Pontos de Memória e Iniciativas Comunitárias em Memória e Museologia Social do Rio Grande do Sul (REPIM-RS) e a Rede de Educadores em Museus do Rio Grande do Sul (REM-RS).

O tema central do encontro foi a construção do Programa Nacional de Educação Museal (PNEM). Na abertura a Coordenadora da REM-RS, Márcia Vargas, destacou a importância da organização em rede por parte dos educadores dos museus e mencionou os debates e as ações desenvolvidos pela REM-RS e o Ponto de Memória da Lomba do Pinheiro na construção do PNEM. Diego Vivian do IBRAM/MinC, apresentou um resumo das propostas do Grupo de Trabalho do PNEM – Museus e Comunidade no fórum virtual. Tratou-se também da metodologia adotada para a construção do PNEM que visa elaborar diretrizes voltadas aos museus no que tange às suas ações educativas, fortalecendo a dimensão educativa em todos os espaços do museu e fornecendo subsídios para a atuação dos educadores. Chegou-se a um consenso sobre a necessidade de fortalecer as políticas públicas voltadas para os museus e as comunidades, de acordo com o que está previsto na Politica Nacional de Museus e no Plano Nacional Setorial de Museus.

Exposição Lomba do Pinheiro

Museus e Pontos de Memória podem participar do Programa Mais Cultura nas Escolas

A partir das discussões realizadas no Blog do PNEM, verificamos que muitos museus e iniciativas museais já realizam atividades educacionais em parcerias com escolas e por vezes passam por dificuldades de deslocamento, financiamento ou fomento. Por isso, é bom saber e divulgar o lançamento do Programa Mais Cultura nas Escolas. O programa é uma parceria entre o Ministério da Cultura (MinC) e o Ministério da Educação (MEC) e tem por finalidade fomentar ações que promovam o encontro entre as escolas públicas e experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais.

Conheça melhor o Programa assistindo ao vídeo de promoção com diversos artistas e profissionais da educação e cultura.

Para participar, a escola e o parceiro cultural elaborarão o Plano de Atividade Cultural da Escola de responsabilidade mútua que deve ser mantida ao longo do desenvolvimento do projeto. Em conformidade com o PNEM, um dos 9 Eixos temáticos disponíveis para inscrição é o de Educação Museal. Poderão participar cerca de 34 mil escolas ativas nos Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador do MEC até 2012. (Veja as listas aqui).

As atividades serão desenvolvidas dentro ou fora da escola e devem prever duração entre 6 (seis) e 10 (dez) meses durante o período letivo. Serão investidos R$ 100 milhões para financiar 5 mil projetos. Cada contemplado receberá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil, que devem ser gastos com:

  1. aquisição de materiais de consumo (custeio);
  2. contratação de serviços de formação, produção e disseminação de conteúdos culturais e artísticos necessários às atividades artísticas e pedagógicas (custeio);
  3. contratação de serviços diversos (custeio);
  4. locação de instrumentos, transporte, equipamentos (custeio);
  5. aquisição de materiais permanentes e equipamentos (capital);

Ajude a divulgar! As inscrições estão abertas até 30 de junho e devem ser realizadas por meio do SIMEC (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação).

Acesse o manual completo do Programa aqui.

POETAS POPULARES
Antônio Vieira

A nossa poesia é uma só
Eu não vejo razão pra separar
Todo o conhecimento que está cá
Foi trazido dentro de um só mocó

E ao chegar aqui abriram o nó
E foi como se ela saísse do ovo
A poesia recebeu sangue novo
Elementos deveras salutares

Os nomes dos poetas populares
Deveriam estar na boca do povo
No contexto de uma sala de aula
Não estarem esses nomes me dá pena

A escola devia ensinar
Pro aluno não me achar um bobo
Sem saber que os nomes que eu louvo
São vastes de muitas qualidades.
O aluno devia bater palma

Saber de cada um o nome todo
Se sentir satisfeito e orgulhoso
E falar deles para os de menor idade
Os nomes dos poetas populares

Mais informações em: http://www.cultura.gov.br/maisculturanasescolas