Museu Histórico Nacional promove atividade com foco na educação museal

No dia 26 de junho (terça-feira), o Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), no Rio de Janeiro, promove uma atividade com foco na educação museal.

O Caderno da Política Nacional de Educação Museal (PNEM) e o Programa de Elaboração e Pesquisa em Educação Museal (Pepem) serão lançados no auditório do MHN a partir das 14h, com entrada franca. Não é necessário inscrição prévia. Haverá ainda certificado para os participantes.

Conheça o Caderno da PNEM!

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou na manhã desta quarta-feira (20), em Brasília (DF), o Caderno da Política Nacional de Educação Museal (PNEM).

A publicação reúne os princípios e diretrizes da mais nova política pública voltada ao setor de museus brasileiro, instituída no ano passado, trazendo ainda um breve histórico da educação museal no Brasil, um resumo do processo de construção participativa da PNEM e conceitos-chave que devem guiar o trabalho nesta área.

Já disponível para download gratuito, a publicação destaca o protagonismo das Redes de Educadores em Museus espalhadas por todo o Brasil e traz ainda textos de especialistas convidados sobre temas relacionados ao trabalho em museus, como acessibilidade, comunidade, mediação, públicos e sustentabilidade, entre outros. Baixe aqui o Caderno da PNEM!

Apresentação do Caderno da PNEM

A Política Nacional de Educação Museal é fruto de um amplo processo de reflexão e debate iniciado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em 2010. O documento resultante retrata o diálogo entre museus de todo o país, com seus educadores ocupando lugar de destaque nessa interlocução.

Para apresentar esse documento, o Ibram tem o prazer de convidá-los para o lançamento do Caderno da PNEM, que terá lugar no auditório do nosso Instituto, às 10 h do dia 20 de junho próximo.