Curso de Especialização em Educação Museal forma sua primeira turma

Chegamos ao final da primeira turma do Curso de Pós Graduação Especialização em Educação Museal, curso realizado por meio de parceria técnica entre os Museus Castro Maya/Chácara do Céu e o Museu da República, representado pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ), via Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC). O Curso, pioneiro neste nível de ensino no país, tem como objetivo preencher uma lacuna na formação dos profissionais educadores em museus e centros culturais do País.

Ele tem a proposta de que instituições de cultura e de ensino ajam em conjunto na construção de uma ideia de educação que leve em conta uma Formação Integral. Abrangendo instituições públicas e promovendo uma visão de ensino inovadora, resgatando o ideário e reafirmando as convicções de Anísio Teixeira e de tantos outros educadores que inspirados por ações educacionais exemplares como as desenvolvidas pelo histórico Instituto de Educação e também por muitos museus pelo Brasil a fora têm colaborado para promover uma educação de qualidade, que priorize a fruição cultural e que democratize seu acesso a todos.

A partir do dia 19 de março de 2016, cerca de 30 alunos defenderão seus Artigos de Conclusão, com temas de grande expressividade para o campo da Educação Museal, número de alunos bastante significativo para um Curso de Especialização em Educação.

Serão apresentadas pesquisas que perpassam pela educação infantil; teatro; artes; acessibilidade; público com transtorno mental; turmas de Jovens e adultos (EJA); vandalismo e patrimônio; relação museu e escola; relações étnico-raciais; historiografia da educação de museus e centros culturais como: Museu de Arte Sacra de Paraty, Museu Histórico Nacional, Museu Imperial, Museu da Vida, Centro Cultural Banco do Brasil, Museu Vivo do São Bento, Museu da Maré, Palácio Tiradentes, Teatro Municipal, além de debates políticos e conceituais do campo científico, em especial sobre a Política Nacional de Educação Museal (PNEM)/IBRAM. Enfim, uma gama variada de temas que vão além do momento que vivemos culturalmente; essa diversidade demonstra a riqueza no campo científico e quanto ainda pode ser feito através de pesquisas pela Educação, Patrimônio, Cultura e pelos nossos Museus.

As apresentações serão abertas ao público e realizadas na sala 300, do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro, localizado na Rua Mariz e Barros, 273 – Praça da Bandeira – Rio de Janeiro – RJ. 

Confira o cronograma de defesa dos trabalhos aqui.

 

Deixe uma resposta